Sexta, 20 de Outubro de 2017



Entrada gratuita. Evento técnico. Proibida a entrada de menores de 16 anos, mesmo acompanhados de seus responsáveis.

Em sua terceira edição, Rioparts deve atrair milhares de visitantes de perfil gerencial


A chegada de novos investimentos no polo automotivo do Rio causa um efeito cascata extremamente positivo para o setor de autopeças.

Estado que mais concentra investimentos no planeta, o Rio abriga a partir da próxima semana a terceira edição da Rioparts – Feira Internacional da Indústria de Autopeças e Reparação Automotiva. Com a participação de marcas expositoras de todo o Brasil no setor automotivo, a feira, promovida pela Diretriz, do Paraná, consolida-se como um dos principais eventos de negócios do setor, atraindo milhares de visitantes de perfil gerencial.

Uma das novidades no mercado fluminense é a instalação da Nissan, em Resende, que deve provocar um boom no setor de autopeças e gerar mais de 20 mil empregos a curto e médio prazo, segundo estimativas do governo do Rio de Janeiro.

Desde que a construção da fábrica japonesa foi anunciada, 30 empresas de autopeças já demonstraram interesse em instalar filiais no sul fluminense, tradicional polo automotivo do estado. Entre elas, seis já confirmaram investimentos num total de quase R$ 300 milhões.

A Nissan importa a maioria dos veículos que coloca no mercado brasileiro e, com investimentos de R$ 2,6 bilhões, a fábrica da montadora em Resende deverá produzir 200 mil veículos por ano e gerar dois mil empregos.

Outras duas mil vagas indiretas de emprego devem ser abertas com a instalação de fornecedores de autopeças no entorno. Quatro montadoras e 50 empresas do segmento estudam também a possibilidade de abrir fábricas na região, o que garantiria a geração de 22,5 mil novos postos de trabalho nos próximos seis anos, de acordo com avaliação da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan).

O estudo Decisão Rio 2012-2014, encomendado exatamente pela Firjan, prevê investimentos de R$ 211,5 bilhões no estado no período de apenas dois anos – 19% desse total vêm da indústria de transformação.

Apenas o setor automotivo somará R$ 6 bilhões em investimentos neste período. Além da Nissan, movimentarão a economia fluminense a duplicação da Peugeot-Citröen, em Porto Real, e a ampliação da fábrica de caminhões da MAN-VW, em Resende.

É esse círculo virtuoso da economia que deve refletir-se na Rioparts, de 3 a 6 de outubro, no pavilhão 2 do Riocentro. O horário da feira é o seguinte: de quarta a sexta-feira das 15h às 21h e sábado das 10h às 17h.











Quero Visitar

Catálogo de Expositores

Newsletter






Publicidade





Promoção


(41) 3075-1100

Conheça a Diretriz

Twitter

Loading..

Redes Sociais